ServeStream Clique aqui para navegar no site
ServeStream Clique aqui para navegar no site
Ouvindo Agora:

Bandas brasileiras são liberadas em Bangladesh

Krisiun Session 29.03.2008

As bandas brasileiras Krisiun e NervoChaos, que foram detidas nesta terça (9) em Daca, capital de Bangladesh, logo após desembarcarem no aeroporto internacional Hazrat Shahjala, foram liberadas para deixar na tarde desta quarta (horário local) o país, de onde partem para a China.

Os grupos foram abordados pela polícia local quando retiravam as bagagens das esteiras. Os passaportes dos músicos foram retidos, e eles tiveram de permanecer no aeroporto por dez horas, até a intervenção do consulado brasileiro em Bangladesh, nação de maioria muçulmana. Os shows no país tiveram de ser cancelados.

Segundo os músicos, em nenhum momento autoridades locais ou consulado explicaram por que foram proibidos de entrar em Bangladesh.

Temendo que a situação se repita, Krisiun e NervoChaos optaram por cancelar shows seguintes da turnê asiática em países considerados “politicamente radicais”: China, Mongólia, Vietnã e Malásia (nos dois últimos, apenas o NervoChaos tocaria). As apresentações no Japão e Coreia do Sul, porém, seguem de pé.

“Nesses países, a gente já se apresentou. A gente sabe que são OK. Não queremos passar por isso de novo”, diz ao UOL, por telefone, Moyses Kolesne, vocalista do Krisiun, uma das bandas brasileiras mais bem-sucedidas no exterior.

A gaúcha Krisiun e a paulista NervoChaos são representantes do subgênero death metal, o mais extremo e acelerado do metal, com letras muitas vezes versando sobre ocultismo e terror.

Compartilhe:

Deixe o seu comentário

Deixe uma resposta


− quatro = 3